06/01/2021

Confira todas as novidades do concurso PRF 2021

Nesta quarta-feira (06/01) a Polícia Rodoviária Federal realizou coletiva de imprensa para apresentar, além do cronograma completo, as novidades da nova seleção. No evento estavam presentes o diretor geral da PRF, Eduardo Aggio de Sá, o diretor executivo da PRF, José Hott e a diretora de gestão de pessoas, Silvia Regina Borges. Confira abaixo os tópicos abordados.

Aprovadores: estude para a PRF em até 12X sem juros

 

Primeira Fase - principais datas

Edital - 19/01/2021

Inscrições - 25/01/2021

Provas objetivas e discursivas - 28/03/2021 

 

Provas e pontuações

Prova objetiva - 120 pontos

Discursiva - 20 pontos

Prova de títulos - 10 pontos

Quanto às provas, as alterações foram: inclusão de língua estrangeira (inglês ou espanhol), inclusão da Lei 14.071 do Código Brasileiro de Trânsito e a exclusão da disciplina História da PRF. Ademais, as provas, elaboradas pela banca Cebraspe, terão 120 questões de certo ou errado,onde cada questão errada anula uma correta.

A Prova objetiva será realizada em todas as capitais do país e será constituída de 3 blocos:

O bloco 1 terá 55 questões de: língua portuguesa, raciocínio lógico matemático, informática, física, ética e cidadania, geopolítica, língua inglesa ou espanhola. 

O bloco 2 terá 30 questões de: legislação de trânsito. 

O bloco 3 terá 35 questões de: direito administrativo , direito constitucional , direito penal, direito processual penal, legislação especial e direitos humanos.

 

TAF: Teste de Aptidão Física

Na primeira fase: 4 testes (barra física, abdominal, corrida e salto caixa de areia), de caráter eliminatório. Não haverá natação!

Segundo o diretor executivo da PRF, José Hott, está sendo estudada a possibilidade de inclusão de teste de agilidade.

Segunda fase (CFP): de caráter eliminatório e classificatório.

 

Avaliação médica

A avaliação médica visa avaliar as condições de saúde do candidato, sendo composta por exames e índices que devem ser preenchidos, ambos estarão no edital. Além do mais, haverá exame toxicológico, com possibilidade de realização da avaliação médica continuada durante todo o concurso.

 

Avaliação psicológica

A capacidade psicológica dos candidatos será aferida na primeira fase, pelo chamado teste psicotécnico. Além disso, essa capacidade será medida também ao longo de todo o processo (avaliação psicológica continuada).

 

Pessoas com deficiência

Será necessário que os candidatos portadores de deficiência comprovem que têm condições de exercer o cargo. Assim, serão submetidos aos mesmos testes que os demais, ou seja, a única diferença será o fato de estarem na lista de cotas, o que provavelmente conferirá uma diferente nota de corte em relação à ampla concorrência.

 

Prova de títulos

A prova de títulos tem por finalidade medir a experiência pregressa dos candidatos, através do histórico acadêmico e também da experiência profissional pregressa. Para esta última, serão validados: exercício de carreiras públicas previstas para os órgãos do art 142(instituições militares) e 144 (instituições de segurança pública). 

A pontuação de cada título, bem como as carreiras que computam pontos, são ítens que constarão no edital.

 

Heteroidentificação

Será confirmada ou não a autodeclaração do candidato dentro das cotas. Em caso positivo, o estudante seguirá na concorrência das cotas, porém, se não se confirmar, o mesmo retornará para ampla concorrência.

Em editais anteriores, este seria um caso de eliminação do concurso.

 

Investigação social

O diretor geral da PRF, Eduardo Aggio de Sá, alertou que a conduta de um infrator contumaz de trânsito é contrária à missão do órgão. Assim, após investigações, candidatos com este histórico poderão ser eliminados do certame.

 

Segunda Fase: Curso de Formação Profissional (CFP)

CFP 1.500 vagas (primeira turma) - início em 10/08/2021 e formatura 17/12/2021.

CFP 500 vagas remanescentes (segunda turma) - início em 01/02/2022 e formatura em 10/06/2022.

 

Pandemia

Em relação às dificuldades de aplicação de provas em meio à pandemia, a PRF esclareceu que a banca está preparada para todas as adequações necessárias, tais como: estabelecer mais locais de provas e menos alunos em cada sala.

Além do que, segundo os diretores, a PRF presta um serviço público essencial. Sendo assim, o concurso se justifica pela grande demanda de profissionais de órgãos policiais, principalmente em momento de pandemia, Isso porque, trabalha no abastecimento do país com insumos essenciais.

Também foi sinalizado que durante o período de pandemia, houve grande acréscimo no uso de veículos terrestres individuais e diminuição de aeronaves, o que gera ainda mais demanda de Policiais Rodoviários Federais.

 

Será possível fazer os concursos PF e PRF?

Segundo os diretores da PRF será possível que o mesmo candidato participe das seleções da PF e da PRF. Isso porque, os cronogramas não coincidirão, devido ao fato de utilizarem da mesma estrutura (escolas etc).

 

Concurso PRF 2021: Requisitos 

As vagas oferecidas para o cargo de Policial Rodoviário Federal, exigem formação superior em qualquer área, além de carteira nacional de habilitação a partir da categoria B. Em tempo, vale ressaltar que a comprovação da graduação só será exigida no momento da posse.

Ou seja, é possível que graduandos participem do certame e, após serem aprovados e terem concluído a faculdade, possam tomar posse, após apresentar certificado ou diploma.

 

Quanto ganha um PRF?

De acordo com a lei vigente, a remuneração inicial do cargo é de R$ 9.899,88, mais benefícios. Ademais, ao alcançar a categoria especial, por meio das promoções que a carreira proporciona, o Policial Rodoviário Federal terá vencimentos básicos de cerca de R$16 mil reais.

 

 

Projeto PRF: evento on-line e gratuito

Você que sempre sonhou em ser Policial Rodoviário Federal, agora tem uma chance real de transformar esse sonho em realidade. Em breve tem edital da PRF na área e você não vai querer ficar por fora das informações do certame, certo? 

Então, inscreva-se no Projeto PRF Aprovadores e garanta: edital esquematizado (pré e pós publicação), newsletter semanal sobre andamento do concurso, análises ao vivo no dia da definição da banca e também no lançamento do edital, acesso ao canal exclusivo no Telegram, com infos sobre o concurso, e ainda, uma condição especial no novo lançamento dos Aprovadores.

Chegou a hora de dar o start na sua futura carreira pública com estabilidade e remuneração inicial acima de R$ 9 mil mensais. Inscreva-se aqui

PRF: Resumo do concurso

  • Órgão: Polícia Rodoviária Federal
  • Abrangência: Nacional
  • Requisitos: nível superior e  CNH B e ter  18 anos
  • Vagas: 2 mil confirmadas
  • Cargo: policial rodoviário federal
  • Remuneração: R$ 9.899,88
  • Situação: banca definida - Cebraspe
  • Status: edital em 19/01/2021