08/06/2021

De acordo com o Presidente do INSS, o órgão está otimista quanto ao aval do ME para concurso público com milhares de vagas.

A notícia da solicitação do INSS de autorização para abrir concurso público com 10 mil vagas, deixou muitos  concurseiros otimistas em fazer parte do quadro de pessoal do órgão. Quanto à expectativa em relação ao pedido de provimentos, o presidente do órgão revelou: “Estamos bem otimistas que teremos a autorização"

O pedido de concurso público com 10 mil vagas foi enviado ao Ministério da Economia no dia 31 de maio, prazo limite para o envio das solicitações. A partir disso, no dia seguinte (1/6), quando iniciou o período de análise das propostas, o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Leonardo Rolim, em entrevista à Rádio CBN, informou que o órgão tem urgência na contratação de servidores. 

Isso porque, segundo Rolim, no ano passado foram contratados 3 mil temporários com contratos que encerrarão no final deste ano. Além disso, a preocupação também se refere ao número de servidores aposentados ou em vias de se aposentar.

“O INSS tem um percentual razoável de servidores que estão em abono permanência, ou seja, que já têm requisitos para se aposentar.”

O presidente do INSS também informou que, embora o número de vagas solicitadas tenha chegado aos 10 mil, o número se refere à necessidade de longo prazo. Por hora, a prioridade seria repôr os 3 mil postos que serão desocupados pelos temporários este ano, além das vacâncias oriundas de aposentadorias, demanda que cresce a cada ano.

 

Concurso INSS: cargos vagos

Atualmente, o INSS conta com cerca de 22 mil vacâncias. Dessas, 20.185 são para técnico do seguro social, cargo com exigência de nível médio. Ao passo que, as outras 2.385 são no cargo de analista do seguro social, cujo requisito é possuir nível superior em diversas áreas de atuação (serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras)

Além disso, em 2022 encerram os contratos de 3 mil servidores aposentados e militares inativos temporários, selecionados em 2020 para  atuar nas áreas de atendimento ao público e análise de pedidos de benefícios. Com isso, um novo certame será necessário  para seguir com os atendimentos.

Quanto às remunerações iniciais dos futuros servidores, estas serão de R$5.186,79 e R$7.659,87, respectivamente. 

 

Concurso INSS: último pedido

O último pedido para concurso do INSS, foi enviado em 2018 ao Ministério da Economia, também sugerindo 10 mil vagas. Dessas, mais de 2 mil eram referentes à chamada de aprovados em cadastro de reserva do concurso anterior (2015) e 7.888 eram para um novo edital. 

Assim, 3.984 vagas seriam de técnico (nível médio), 1.692 vagas de analista (nível superior) e 2.212 vagas de médico perito (nível superior). 

 

Concurso INSS: últimos editais

O último concurso INSS foi realizado em 2015, sob organização do Cebraspe. Na época, o edital disponibilizou 800 vagas para técnico e 150 para analistas. O prazo de validade venceu em 2018, então para novas nomeações é necessária a abertura de um novo certame. Até agora foram convocados 150 analistas do seguro social e 800 técnicos do seguro social.

A avaliação dos candidatos foi feita por meio de duas provas, sendo uma de conhecimentos básicos, com 50 questões, e uma prova de conhecimentos específicos, com 70 questões, todas com peso de 1,00 ponto.

 

Resumo do concurso INSS

  • Órgão: Instituto Nacional do Seguro Social - INSS
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargos: Técnico e Analista do Seguro Social
  • Escolaridade: Níveis médio e superior
  • Lotação: Nacional
  • Vagas: 10.000 vagas solicitadas
  • Remuneração Inicial: até R$ 7,6 mil
  • Último concurso: 2015
  • Último edital : baixe aqui