05/06/2019

Foram divulgadas a dispensa de licitação e o extrato de contrato com a banca FUNDATEC no Diário Oficial de Porto Alegre do dia 31/5. Terá validade de 2 anos, que podem ser prorrogados por mais 2.

 

Com as principais etapas concluídas, a publicação do edital, ainda sem previsão de publicação, está mais próximo de ser publicado. A banca junto com a Secretaria Municipal da Fazenda de Porto Alegre deverá trabalhar nos últimos detalhes do edital e elaborar o cronograma da seleção, nos próximos dias.

 

A comissão organizadora do concurso estava formada desde o início do ano. Foram escolhidas dois grupos um para cada cargo: Auditor-Fiscal da Fazenda Municipal e Auditor de Controle Interno.

 

O número de vagas e os pré-requisitos não foram confirmados, mas sabe-se que o nível exigido será o superior. A remuneração inicial, conforme o edital de 2012, é acima de R$ 11mil.

Último concurso

Além da remuneração inicial atrativa, o último edital contava com 21 vagas, distribuídas entre 12 para Agente Fiscal da Receita Municipal, 3 para contador e 6 para técnico em contabilidade. A taxa de inscrição na época foi de R$ 121,75 e foi organizado pela Fundação Escola Superior do Ministério Público de Porto Alegre.

 

O concurso contou com provas objetivas e discursiva para o cargo de agente. A prova objetiva teve 160 questões, sendo 80 questões de conhecimentos gerais e 80 de específicos.