O que faz um Assistente Social do TJ/RS

O que faz um Assistente Social do TJ/RS

Fique por dentro das atribuições do cargo de Assistente Social do TJ/RS, e também leia outras informações como: a remuneração, carga horária, além de uma dica especial para os concurseiros

Você sabe o que faz um Assistente Social do TJ/RS?

Não? Pois nesse blogspost, preparamos tudo o que você precisa saber a respeito das atribuições deste cargo, além de outras informações essenciais para quem vai fazer o concurso do TJ/RS. Desde já, adiantamos um dos grandes atrativos do cargo: a ótima remuneração!

Antes de mais nada, é importante destacar que o concurso do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS), um dos certames mais aguardados pelos gaúchos, já está autorizado.

Serão preenchidas 28 vagas, das quais 24 são para Oficial de Justiça classe PJ-H e quatro para o cargo de Assistente Social PJJ, além de formação de cadastro de reserva. Entretanto, o Portal da Transparência do Tribunal indica que no momento, existem 33 postos vagos de Assistente Social no TJ/RS.

Atualmente, o concurso está em processo de escolha da banca organizadora e a expectativa é que o edital saia nos próximos dias. 

Neste blogpost, você vai saber:

  1. O que é Justiça Estadual?
  2. Quais são os deveres  do Assistente Social do TJ/RS?
  3. Afinal de contas, o que faz um Assistente Social do TJ/RS?
  4. Qual a jornada de trabalho do Assistente Social do TJ/RS?
  5. Quanto ganha um Assistente Social do TJ/RS?
  6. Quais são os requisitos para ser um Assistente Social do TJ/RS?
  7. Por que iniciar os estudos antes mesmo do edital?
  8. Dicas de estudo? Os Aprovadores vão te ajudar!

O que é Justiça Estadual?

Ao mesmo tempo, é essencial que você tenha o entendimento do que é o Poder Judiciário no âmbito estadual, no qual o TJ/RS atua.

Em síntese, a Justiça Estadual faz parte da justiça comum (junto com a Justiça Federal) e tem como responsabilidade, julgar tudo o que não for cabível aos demais segmentos do Judiciário (Federal, do Trabalho, Eleitoral e Militar).

De acordo com a Constituição, cada unidade da federação (estados e Distrito federal) é responsável por organizar a sua justiça. Com isso, hoje a Justiça Estadual está presente em todas as unidades da federação, e abrange a maior parte dos casos do judiciário, pois lida com as causas mais comuns e variadas, tanto na área cível quanto na criminal.

No âmbito administrativo, a Justiça Estadual é organizada em dois graus de jurisdição:

  • O primeiro grau é constituído pelos juízes de Direito, pelas varas, pelos fóruns, pelos tribunais do júri,  pelos juizados especiais e suas Turmas Recursais. 
  • No segundo grau estão os Tribunais de Justiça (TJs), onde os magistrados são desembargadores. Em resumo, esses têm entre suas principais funções o julgamento de demandas de competência originária (causas julgadas pela primeira vez) e de recursos interpostos contra decisões articuladas no primeiro grau de jurisdição. Logo, é nessa esfera da Justiça Estadual que o Assistente Social do TJ/RS atua.

Quais são os deveres  do Assistente Social do TJ/RS?

O Assistente Social Judiciário deve assessorar os juízes, dentro do âmbito do Serviço Social. Em outras palavras, essa atuação se dará principalmente em matéria de Família, Execução Criminal, Infância e Juventude, Violência Doméstica e Familiar e Idosos, seja no auxílio com pesquisas, estudos e projetos, ou no contato direto com os envolvidos, realizando orientação e intervenção.

Afinal de contas, o que faz um Assistente Social do TJ/RS?

Conforme falamos anteriormente, compete ao Assistente Social do TJ/RS atender os juízes no que diz respeito ao campo do Serviço Social. Nessa lógica, fazem parte de suas competências:

  • Elaborar laudos sociais para subsidiar decisões judiciais; 
  • prestar orientação e/ou acompanhamento a crianças, adolescentes, idosos e famílias envolvidos em ações judiciais;
  • articular recursos sociais que contribuam para solucionar ou minimizar as situações-problema da infância e da juventude, de idosos, de incapazes, de apenados ou de entidades familiares em litígio ou com um contexto de violência intrafamiliar, realizando os encaminhamentos necessários;
  • prestar assessoria, por determinação judicial, a instituições que abriguem crianças e adolescentes ou idosos; 
  • acompanhar visitas de pais separados aos filhos, em casos de litígio grave, quando necessário para subsidiar o trabalho técnico-profissional na elaboração de laudo social; 
  • planejar, executar e avaliar pesquisas e programas relacionados à prática profissional do Assistente Social Judiciário; 
  • organizar e manter registro e documentação relativos ao Serviço Social, obedecendo às regras específicas; 
  • atuar na prevenção de situações de vulnerabilidade que possam afetar crianças e adolescentes, idosos, grupos familiares e apenados, mesmo que não haja procedimento formalmente instaurado; 
  • realizar atividades necessárias para execução, gerenciamento e supervisão do cumprimento de penas e medidas alternativas; 
  • realizar atividades pertinentes nos processos de habilitação para adoção, colocação em lares substitutos, e estágio de convivência; 
  • orientar adolescentes cumprindo medidas de liberdade assistida e prestação de serviços à comunidade; 
  • realizar outras atividades correlatas à sua especialidade, por determinação judicial.

A partir da descrição dessas atribuições, podemos perceber que a atuação do Assistente Social Judiciário é bastante ampla no campo do Serviço Social. Além do mais, suas funções são de grande relevância para a solução de diversos casos que chegam até um Tribunal de Justiça.

Qual a jornada de trabalho do Assistente Social do TJ/RS?

No tocante à carga horária de trabalho, um Assistente Social do TJ/RS trabalha em regime de 40 horas semanais. Todavia, é possível que o exercício do cargo determine serviço externo e, em regime especial trabalho fora do horário normal de expediente.  

Quanto ganha um Assistente Social do TJ/RS?

A remuneração inicial é certamente, um dos grande atrativos deste cargo, visto que, já no primeiro mês de posse, o servidor terá vencimentos de R$ 6.912,07. Ademais, o servidor ainda receberá mais 40% deste valor, referentes à gratificação fixa, o que totaliza um recebimento mensal de R$ 9.676,90.

Aliás, de acordo com informações contidas no site do TJ/RS, a remuneração final desse cargo pode ultrapassar os R$ 11 mil por mês! Que maravilha, não? 

Imagine você, em uma realidade econômica difícil como a do Brasil, obtendo a aprovação em um concurso público com garantia de estabilidade e ainda recebendo mais de R$ 100 mil por ano!

Quantos sonhos você poderia colocar em prática?! 

Curso On-line Aprovadores – Assistente Social do TJ/RS

Quais são os requisitos para ser um Assistente Social do TJ/RS?

De acordo com o edital do concurso anterior, realizado em 2014, para se candidatar à uma vaga de Assistente Social do TJ/RS você precisa ter concluído a graduação em Serviço Social.

Além do que, será necessário apresentar diploma ou certificado reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e registro legal para o exercício profissional no Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) de nível superior. 

Assim, também são exigências do cargo:

Por que iniciar os estudos antes mesmo do edital?

Os nossos professores orientam que o momento do lançamento do edital, é a hora de intensificar os estudos, aumentando as horas de preparação e dando uma atenção especial para a revisão. Ou seja, os estudos com vistas à aprovação no concurso do TJ/RS devem ser iniciados o quanto antes!

Em razão disso, a nossa dica é: iniciar os estudos é mais importante do que planejar o término dele!  Dessa forma, quando sair o edital, você poderá se dedicar ao reforço das matérias nas quais sente mais dificuldade.

Dicas de estudo? Os Aprovadores vão te ajudar!

Agora que já você compreendeu a importância de manter o foco nos estudos desde já, nós temos um presente pra você!

Conforme falamos no início deste artigo, o concurso público do TJ/RS está em fase de escolha da banca. Contudo, o que não te contamos é que recentemente, foi divulgado que o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE) é a provável banca organizadora do concurso do TJ/RS.

Diante disso, nossa equipe de conteúdo pesquisou e reuniu diversas provas e gabaritos da banca IBADE para você fazer o download gratuitamente! Assim, você sairá na frente na disputa por uma das vagas de Assistente Social do TJ/RS.

E tem mais …

O CPC Concursos e Andresan Cursos e Concursos lançaram em 2019 a iniciativa Aprovadores. Com isso, foi possível reunir os professores que mais aprovam no Rio Grande do Sul em um único objetivo: conduzir você até a tão sonhada aprovação

Nesse sentido, foi lançado o curso on-line Assistente Social do TJ/RS

Veja algumas vantagens exclusivas dos Aprovadores:

  • Professores que são referência em aprovação em concursos no sul do Brasil;
  • Acesso ILIMITADO às videoaulas para assistir quantas vezes quiser;
  • Conteúdo focado nas matérias do concurso;
  • Mais de 190 horas de conteúdo para o concurso TJ/RS Assistente Social;
  • Atualização grátis do curso, após publicação do edital, para alunos.

Além disto, os Aprovadores te garantem acesso total ao conteúdo do curso, até 30 dias após a prova.

Por fim, você não pode perder esta oportunidade de se preparar junto aos melhores. Então, venha estudar com os Aprovadores e defina hoje o seu futuro!

Assistente Social do TJ/RS

Você também vai gostar:

Deixe uma resposta