Escrivão da Polícia Federal: o que faz? Tudo sobre a carreira!

Escrivão da Polícia Federal: o que faz? Tudo sobre a carreira!

Saiba o que faz um Escrivão da Polícia Federal e tudo sobre a carreira com remuneração inicial a partir de R$ 12 mil mensais. Veja dicas para o concurso.

Atualizado em 01/02/2021 | Publicado em 09/08/2018

O Escrivão da Polícia Federal é uma valorizada carreira do serviço público. Com remunerações que podem ultrapassar os R$ 150 mil anuais, os Escrivães precisam ser profissionais organizados,  atentos e com boa memória. 

Contudo, é importante lembrar que a Polícia Federal abriu concurso para preencher 400 vagas imediatas de Escrivão, além de cadastros de reserva. Entretanto, os interessados devem correr para não perder os prazos de inscrições.

Mas, se você está se perguntando o que faz um Escrivão da Polícia Federal, então chegou ao lugar certo. Pois então listamos as principais infos sobre a carreira neste artigo: requisitos, atribuições e remunerações. 

Boa leitura! 

Quanto ganha um Escrivão da Polícia Federal?

De acordo com o concurso PF 2021, a remuneração inicial para Escrivão é de R$ 12.522,50. No entanto, o valor pode ultrapassar os R$18 mil reais ao longo da carreira, ao alcançarem a classe especial da categoria.

O cargo possui quatro classes: 1ª, 2ª, 3ª e Classe Especial. Assim sendo, são três possibilidades de promoção e aumentos de remuneração. Por outro lado, a jornada de trabalho será de 40 horas semanais.

Quais os requisitos para ser Escrivão da PF?

Entre os requisitos para ser Escrivão, estão ter ensino superior completo em qualquer área de formação e carteira de habilitação – categoria B, aliás. 

Além disso, é importantíssimo passar em todas as etapas do concurso público. Ademais, tem que ter 18 anos ou mais, estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (para o gênero masculino), por exemplo. 

Certamente, ler a íntegra do edital antes da inscrição é item obrigatório para quem pensa em fazer o concurso.

Afinal, o que faz um Escrivão da Polícia Federal?

Contudo, segundo edital PF 2021, o Escrivão tem as seguintes atribuições:

  • dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando prazos necessários em procedimentos policiais de investigação; 
  • atuar nas investigações e acompanhar diligências policiais, sempre que for preciso; 
  • responsabilizar-se pelo valor das fianças recebidas e pelos objetos apreendidos;
  • conduzir veículos; 
  • cumprir medidas de segurança orgânica; 
  • realizar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como tarefas que lhe forem atribuídas.

Portanto, o Escrivão assessora diretamente o delegado federal na realização dos inquéritos. Assim sendo então ele colhe depoimentos, faz interrogatórios, relatórios e autos de apreensão. 

Resumo Concurso Escrivão da Polícia Federal

  • Órgão: Polícia Federal
  • Abrangência: Nacional
  • Cargo: Escrivão
  • Vagas: 400 + CR (Cargo de Escrivão)
  • Requisitos: Nível superior e CNH – Categoria B
  • Remuneração: R$ 12.522,50
  • Situação: Edital Publicado
  • Banca: Cebraspe
  • Prazo de inscrições: 22/01 a 09/02
  • Prazo para pagamento de taxa: até 03/03
  • Provas objetiva e discursiva: 21/03

Concurso PF: Últimas Notícias!

Você também pode gostar: 

Deixe uma resposta